NOTICIAS

Aprosoja participa de fórum sobre futuro do agronegócio

   11/07/2017
   

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Endrigo Dalcin, esteve presente nesta segunda-feira (10) no Fórum das Cadeias Produtivas para o debate “Agronegócio nos dias de hoje e perspectivas para o futuro”. 
 
O evento integra a programação da Expoagro e contou com a presença do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi; do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), Normando Corral; do presidente da Associação Mato-grossense de Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel; e do presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Marco Túlio. O debate foi mediado pela apresentadora Samanta Pineda, do canal Terra Viva.
 
“Debater o futuro do setor é sempre fundamental. Durante a discussão, falamos dos principais gargalos vividos atualmente pelo agronegócio, como a logística e os altos custos da produção. O que percebemos é que da porteira para dentro temos feito nosso trabalho, nossa parte. O que tem faltado é o governo fazer a parte dele, que é da porteira para fora”, destaca o presidente da Aprosoja. 
 
Dalcin afirmou que a falta de infraestrutura no Brasil tem refletido na entrega de produtos agropecuários ao consumidor. “Estive recentemente na China e a reclamação é que nós demoramos demais para entregar nossos produtos. Isso significa que, mesmo tendo uma das melhores sojas do mundo em qualidade e produtividade, não temos eficiência da porteira para fora, e toda essa qualidade se perde no caminho, na espera, nos percursos pouco eficazes”, completou. 
 
O presidente da Aprosoja também falou sobre crédito rural. Para ele, seria importante que o país começasse a repensar o modelo atual e fizesse como os Estados Unidos, que têm um planejamento de políticas públicas elaborado para quatro anos. 
 
Carne Fraca - Para o ministro Blairo Maggi, o agronegócio vive um momento de recuperação comercial perante o mercado externo, em reação à Operação Carne Fraca, da Polícia Federal. 
 
“Nos últimos 20 anos, conquistamos o mercado de alimentos, principalmente de proteínas, que é muito mais complicado de lidar. Com a operação, o país perdeu credibilidade e espaço. Tivemos uma redução das nossas exportações, diminuição nos preços das nossas mercadorias e precisamos recuperar isso. Já começamos com a reorganização do nosso setor, seja por parte dos produtores, dos exportadores ou do governo. Enfim, é um conjunto de ações que estão sendo feitas neste momento e que refletirá no mercado", afirmou Maggi.
 

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: comunicacao@aprosoja.com.br

Comentários
Noticias Relacionadas
Publicidade
Facebook
Parceiros
Marli aparecida Dos Santos

meu nome é Marli Aparecida dos Santos moro em Ivinhema mato grosso do sul e estou a procura do meu irmão José Rogério dos santos que não temos noticias desde 2007.Por favor se alguém souber ou tiver alguma noticia favor entrar em contato pelo telefone (067) 9671-3411 Marli ou (67)9989-2917 Edvando. Muito obrigada