olmi
NOTICIAS

Antero despista, mas aceita candidatura majoritária se tiver ?retaguarda? de Álvaro Dias

   11/07/2017
Fonte: Da Redação - Jardel P. Arruda   

O jornalista Antero Paes de Barros Neto afirma que mira um retorno às disputas eleitorais em 2018 para postular uma cadeira na Assembleia Legislativa, mas deixa em aberto a possibilidade de uma candidatura majoritária pelo PODEMOS, antigo PTN, caso tenha alguma retaguarda do presidenciável da sigla, o senador Álvaro Dias (PODE). Em 2018, duas vagas serão disputadas no Senado e ainda não há um nome consolidado como candidato da oposição ao governador Pedro Taques (PSDB).

Leia mais:
Valtenir minimiza possível debandada do PSB e sonda parlamentares de outros partidos

Ex-senador, ex-deputado federal e ex-vereador, Antero confirma que tem usado sua experiência política para ajudar a organizar o PODEMOS em Mato Grosso, mas justamente devido à necessidade de maior suporte para ser candidato em 2018, ainda não fechou sua filiação na sigla. Ele afirma que precisa de retaguarda para se filiar ao PODEMOS e seguir com o projeto de Álvaro.

“Eu vou me reunir com o Álvaro até essa sexta e explicar tudo isso para ele. Mas eu não sei se ele quer que eu seja candidato ao Senado, ele nunca falou isso para mim. Falou em me filiar. Mas só tenho tempo para organizar o partido a partir de sexta-feira a noite, no final de semana, porque eu preciso trabalhar", afirmou ao Olhar Direto. "Se houvesse outra pessoa para articular, um suporte, quem sabe, aí seria diferente”, completou.

A necessidade desse suporte se deve ao fato de Antero precisar se dedicar a sua profissão de jornalista. Ele trabalha na TV Gazeta e na Rádio Capital FM, onde apresenta programas voltados a comentários políticos. Em ambos os ambientes, Paes de Barros costuma apresentar críticas ao governador Pedro Taques, de quem foi marqueteiro em 2014. "Por necessidade eu preciso trabalhar. Sempre fiz política por idealismo, não para fazer dinheiro", afirmou.

Vitórias e derrotas

Há 19 anos, em 1998, Antero Paes de Barros venceu, pela última vez, uma disputa eleitora em que foi candidato. Na ocasião, derrotou Carlos Bezerra (PMDB) no pleito por um vaga ao Senado. Ao fim do mandato, em 2006, disputou o Governo do Estado contra Blairo Maggi (hoje PP, então PPS), mas perdeu. Perdeu novamente em 2010, quando foi novamente candidato ao Senado e viu Blairo Maggi (à época PR) e Pedro Taques (então PDT) serem eleitos.

Por outro lado, colecionou vitórias como marqueteiro. Em 2004 coordenou a campanha em que Wilson Santos (PSDB) venceu Alexandre César (PT) na disputa pela Prefeitura de Cuiabá em uma virada nos dois últimos dias de campanha. Quatro anos depois repetiu a dose, dessa vez mantendo Wilson na dianteira contra Mauro Mendes (PSB, então PR).

Perdeu a campanha de Wilson Santos ao Governo, em 2010, mas dois anos depois foi o responsável pela vitória de Mauro Mendes (já no PSB) em Cuiabá. Em 2014 ganhou com Pedro Taques ao governo e em 2016 levou Emanuel Pinheiro (PMDB) a vitória em Cuiabá, tendo se sagrado, pela quarta vez consecutiva, marqueteiro vencedor na Capital, tendo também vencido outras vezes na cidade, quando coordenou campanhas de Dante de Oliveira.

Além disso, tiveram as campanhas vitoriosas no interior, como Lucas do Rio Verde, em 2016, onde prestou consultoria e garantiu a vitória de Luiz Binotti (PSD) sobre Otaviano Pivetta, que tentava reeleição.

Comentários
Noticias Relacionadas
Publicidade
NIVEL
JUMASA
Facebook
Parceiros
Marli aparecida Dos Santos

meu nome é Marli Aparecida dos Santos moro em Ivinhema mato grosso do sul e estou a procura do meu irmão José Rogério dos santos que não temos noticias desde 2007.Por favor se alguém souber ou tiver alguma noticia favor entrar em contato pelo telefone (067) 9671-3411 Marli ou (67)9989-2917 Edvando. Muito obrigada