olmi
NOTICIAS

Com roubos de gado, delegado volta a alertar para riscos de contratações no campo sem conhecer histórico do trabalhador

   22/05/2016
   

Com o aumento do numero de ocorrências na zona rural, principalmente no que diz respeito ao roubo de gado, o delegado de Policia Civil de Porto dos Gaúchos e Tabaporã, Albertino Felix de Brito Junior volta a alertar os contratantes para o risco de contratar pessoas para trabalhar sem conhecer sua procedência/historia de vida.


Roubos de gado tem ocorrido com certa frequência no município de Tabaporã (90-km de Porto dos Gaúchos), como um corrido no ultimo dia 29 de abril, onde um pecuarista perdeu 26 cabeças de gado.


Recentemente, outro roubo de gado aconteceu, desta vez em uma propriedade próxima a Porto dos Gaúchos. A dona da propriedade relatou ao delegado que 02 dias após contratar um novo funcionário sofreu o roubo, o que colocou o contratado como principal suspeito de participação.


“O que chama a atenção é que a dona da propriedade disse que não sabe de onde veio o funcionário contratado e sequer se ele deu nome verdadeiro. Mediante disso, quem garante que o mesmo já não tenha atuado de forma conivente com furtos de gado em outras propriedades? Também chama a atenção que tanto em Tabaporã como em Porto dos Gaúchos, os pecuaristas que tiveram prejuízos também sequer são associados aos Sindicatos Rurais, que é a entidade que trabalha na busca de soluções e ideias para combater o crime na zona rural. Não sendo associados eles não tem como cobrar do Sindicato que intervenha com ações de colaboração junto a Policia para combater esse tipo de crime. A classe tem que ser mais unida para buscar soluções em conjunto com a Policia”, colocou o delegado Albertino.


O delegado alerta que os produtores rurais devem seguir certos critérios para realizar contratações de pessoas para lidarem com seu rebanho, maquinários, e morarem em suas propriedades como; saber procedência da pessoa, de onde vem, se tem referencias anteriores, onde morou da ultima vez, exigir documento com foto e formalizar a contratação por escrito, fazendo um cadastro de todos os funcionários que já tenham passado pela propriedade. Com isso estarão auxiliando a Policia caso precise algum dia fornecer informação sobre determinada pessoa.
 
Fonte: Porto Noticias

Comentários
Noticias Relacionadas
Publicidade
JUMASA
Facebook
Parceiros
Marli aparecida Dos Santos

meu nome é Marli Aparecida dos Santos moro em Ivinhema mato grosso do sul e estou a procura do meu irmão José Rogério dos santos que não temos noticias desde 2007.Por favor se alguém souber ou tiver alguma noticia favor entrar em contato pelo telefone (067) 9671-3411 Marli ou (67)9989-2917 Edvando. Muito obrigada