NOTICIAS

AJES inicia discussões em torno de criação de Núcleo Agroecológico de cultivo de plantas medicinais em Juína

   20/04/2016
Fonte: Assessoria   

A Faculdade AJES, através do Curso de Farmácia, deu o pontapé inicial para a implantação de um Núcleo Agroecológico de cultivo de plantas medicinais, condimentares e alimentos não convencionais. Na manhã de sexta-feira (08/04) a coordenadora do Curso de Farmácia da AJES, Profª Drª Isanete Bieski, reuniu pequenos produtores rurais de Juína com o intuito de apresentar a proposta e verificar o interesse deles em trabalhar com o núcleo.

Isanete explicou que o projeto objetiva integrar as atividades de pesquisa, ensino e extensão, visando à construção e socialização de conhecimentos e práticas relacionadas à Agroecologia e aos Sistemas Orgânicos de Produção de plantas medicinais, condimentares e alimentícias não convencionais, para subsidiar a implantação da Farmácia Viva de Juína, podendo também agregar valor e aumentar a renda dos pequenos produtores.

"Reunimo-nos para discutir esta proposta de implantação do Núcleo de Agroecologia para cultivo de plantas medicinais, condimentos e alimentos não convencionais para apresentação no edital CNPq. Eu enquanto pesquisadora estarei coordenando este projeto, que será desenvolvido numa parceria da Faculdade AJES, com alguns professores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (EMPAER), Instituto de Defesa Agropecuária (INDEA), Coorperativa de Crédito Sicredi Univales, Prefeitura de Juina e Câmara de Vereadores de Juina e o público principal que são os agricultores familiares", disse.

Ela informou que foram selecionadas 12 famílias que expõem sua produção semanalmente na feira livre municipal. "Fiquei muito satisfeita com a presença de todos, em especial, com a presença de uma produtora representante do Movimento A Força da Mulher, da qual também faço parte, a querida professora Maria Luísa. Quero agradecer a presença de todos e informar que estaremos encaminhando o projeto em maio", frisou.

O projeto tem como um dos principais parceiros a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (EMPAER), unidade de Juína. O Técnico Neucir Luis Paravisi ressaltou que a produção agroecológica com a Fitoterápica prevê o envolvimento da Empaer com assistência técnica e extensão rural, sendo assim um estímulo aos produtores.

Um dos participantes da reunião foi o produtor rural Delvair Ferreira da Silva. Ele disse ter gostado da proposta da professora Isanete Bieski e acredita que contribuirá para o desenvolvimento do município. "Nós precisamos é de ações como essas que vem fortalecer o nosso trabalho no campo e incentivar novas culturas como é o caso das plantas medicinais, condimentos e alimentos não convencionais. Sou parceiro da iniciativa e acredito que tem tudo pra dar certo", comentou.




 
Área de anexos
 
 
 
 
 

Comentários
Noticias Relacionadas
Publicidade
Facebook
Parceiros
Marli aparecida Dos Santos

meu nome é Marli Aparecida dos Santos moro em Ivinhema mato grosso do sul e estou a procura do meu irmão José Rogério dos santos que não temos noticias desde 2007.Por favor se alguém souber ou tiver alguma noticia favor entrar em contato pelo telefone (067) 9671-3411 Marli ou (67)9989-2917 Edvando. Muito obrigada