NOTICIAS

Quatro bandidos que tentaram assaltar carro-forte são transferidos para MT

   08/01/2015
Fonte: Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso Luciene Oliveira   

Quatro membros da quadrilha que tentou assaltar um carro-forte da empresa Brinks na última terça-feira (06.01) já estão na cidade de Barra do Garças (509 km a Leste). Os assaltantes chegaram nesta manhã escoltados por policiais da Gerência de Operações Especiais (GOE) e Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e deverão ser transferidos para Cuiabá.

 

A quadrilha é composta de pelo menos oito integrantes e utilizava um rifle 50 capaz de atravessar carros brindados e derrubar aeronaves. Além do armamento antiaéreo foram apreendidos com quadrilha 3 fuzis calibres 5.56, duas pistolas, uma 45 e outra 9mm, e munições dos calibres 50, 5.56 e 45, totalizando 172.

 

A quadrilha utilizou também cinco veículos na ação criminosa, sendo uma Pálio Weekend, 1 Strada, 1 Montana, 1 Citroen Picasso, 1 Dublo com blindagem artesanal na traseira com adaptação para fixação do rifle ponto 50. Os veículos foram apreendidos no estado de Goiás. "Após a fuga, abandonaram e queimaram o Doblô próximo a Barra do Garças e seguiram fuga em outros veículos", disse o delegado da Polícia Civil de Barra do Garças, Wilyney Santana Borges.

 

Conforme o delegado, levantamentos das Polícias Civil e Militar de Mato Grosso levaram a identificação da quadrilha. " Conseguimos levantar que a Pálio Weekend tinha atravessado em alta velocidade e que possivelmente estava envolvida no crime e informamos a Polícia Militar e Civil de Araunã, que viram a Pálio. Eles fizeram vigilância e acompanharam o carro até a casa onde estava os integrantes. Tudo foi em decorrência desse nosso levantamento", frisou o delegado.

 

Foram recambiados os assaltantes Ricardo da Silva Guidio, 39 Jobem Heleno de Souza Junior, 33, e José Augusto Dias, 38. Todos apresentaram nomes falsos no momento da prisão. Também foi transferido o criminoso Alexandre Prado de Moraes, conhecido por "Sandrão", que estava com sete mandados de prisão em aberto e tem condenação de 45 anos de prisão no Estado do Rio de Janeiro. Ele é suspeito de integrar a facção criminosa do 3º Comando do Rio de Janeiro.

 

Três dos criminosos (Julio, Ricardo e Carmo) foram presos na tarde de terça-feira (06.01), em uma casa na cidade de Aruanã, estado de Goiás, em ação da Polícia Civil e Militar daquele estado, após ser acionada pelas forças de segurança de Mato Grosso.


Outras cinco pessoas que estavam na residência conseguiram fugir pela mata. Um foi preso e outro foi morto em confronto, sendo eles o suspeito "Sandrão", preso na quarta-feira (07.01), também em Aruanã. Na mesma ação, o bandido, identificado como sendo "Magrão do PCC", foi morto depois de entrar em confronto com policiais militares. Segundo a Polícia, o suspeito efetuou disparo de pistola contra os policiais atingindo a viatura policial. O bandido não portava documentos e a Polícia Civil trabalha para identificar seu nome verdadeiro.

 

"São indivíduos do estados de São Paulo e Rio de Janeiro com grande ficha criminosa, integrantes de facções criminosas. Essas pessoas muitas vezes utilizam documentos falsos ou não usam documentos", disse o delegado de Barra do Garças, Wilyney Santana Borges.

 

A tentativa de roubo aconteceu por volta das 9h de ontem na BR-158, entre o distrito de Indianópolis e o município de Nova Xavantina. Segundo informações da polícia de Barra do Garças, a quadrilha composta por oito pessoas realizou cerco ao carro-forte no momento em que o veículo trafegava pela BR, sentido município de Água Boa.

 

Os bandidos atiraram no veículo e os disparos foram revidados pelos seguranças da empresa que estavam no carro. Na troca de tiros, os vigilantes que estavam no carro forte correram para a mata. Na sequencia, os bandidos utilizaram explosivos para abrir o veículo.

 

Ainda, de acordo com a polícia, a ação dos bandidos foi frustrada, uma vez que não havia dinheiro no interior do carro forte. 
Segundo a polícia local, os integrantes da quadrilha são do Estado de São Paulo, sendo apenas um deles do estado de Goiás. 
Participam da operação de caça a quadrilha policiais civis e militares de Barra do Garças e Nova Xavantina, Gerência de Operações Especiais (GOE), Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Polícias Civil e Militar do estado de Goiás. 


Comentários
Noticias Relacionadas
Publicidade
Facebook
Parceiros
Marli aparecida Dos Santos

meu nome é Marli Aparecida dos Santos moro em Ivinhema mato grosso do sul e estou a procura do meu irmão José Rogério dos santos que não temos noticias desde 2007.Por favor se alguém souber ou tiver alguma noticia favor entrar em contato pelo telefone (067) 9671-3411 Marli ou (67)9989-2917 Edvando. Muito obrigada